Google+ Badge

Esta é a Microsoft Band, a pulseira inteligente da Microsoft (mais 8 notícias)

Esta é a Microsoft Band, a pulseira inteligente da Microsoft (mais 8 notícias)

Link to Tecnoblog

Esta é a Microsoft Band, a pulseira inteligente da Microsoft

Posted: 30 Oct 2014 02:52 AM PDT

Os rumores de que a Microsoft estava criando um relógio inteligente foram morro abaixo hoje, quando a empresa anunciou uma smartband. Ela pode sim ser usada como relógio, mas sua vasta lista de sensores denunciam que ela é mesmo uma fitness band, uma pulseira inteligente que te incentiva a sair do sofá e fazer exercícios físicos.

microsoft-band

Ela se chama Microsoft Band e é capaz de medir os passos dados, tamanho do passo, batimentos cardíacos, medidor de raios ultravioleta, sensor de resposta galvânica da pele e tem outros cinco sensores que executam outras tarefas tão importantes quanto essas. Sua tela retangular exibe blocos dinâmicos iguais aos do Windows Phone e sua bateria dura até 2 dias.

Veja o vídeo do anúncio logo abaixo.

Junto da Microsoft Band, a gigante de Redmond anunciou também o Microsoft Health, um serviço para unificar todos os dados coletados por pulseiras inteligentes ou aplicativos, sejam eles da Microsoft ou não. Quem escolher o Windows Phone, claro, terá mais vantagens – como por exemplo o acesso à Cortana direto da pulseira.

Ainda assim, não é necessário ter uma pulseira para usar o serviço, ele se integra tanto com o Android Wear quanto com o sensor de movimento do iPhone. E é por isso também que não é preciso ter um Windows Phone para usar a Microsoft Band: o aplicativo Health já está disponível todas as três grandes plataformas móveis do mundo.

microsoft-health-windows-phone

O objetivo do Microsoft Health, no entanto, não é só coletar os dados, e sim fornecer informações úteis fazendo uso deles. O aplicativo é capaz de dizer, por exemplo, se você gastou todas as calorias consumidas num café da manhã, se acordou durante a noite ou se dormiu pouco em dias de reunião. E assim como os demais aplicativos do tipo, ele também permite que sejam configuradas metas de passos por dia, distância percorrida, etc.

A empresa também parece determinada a fazer da sua pulseira a mais aberta do mercado. Além de oferecer suporte aos três maiores sistemas móveis, a Microsoft também disponibiliza licenças de desenvolvimento para cada um dos sensores da Microsoft Band. Isso quer dizer que aplicativos poderão conversar diretamente com o hardware e pegar informações deles, sem precisar passar por uma camada de software da Microsoft. Se essa não é uma abertura considerável, não sei o que é.

microsoft-band-aberta

Por causa dessa abertura, a Microsoft espera aumentar bastante a lista de funcionalidades da Microsoft Band, principalmente depois de janeiro do ano que vem, quando a empresa planeja liberar uma SDK da pulseira. E mesmo assim, quando é tirada da caixa, ela já pode ser integrada com o RunKeeper, MyFitnessPal e até a conta Starbucks de clientes da cafeteria, permitindo que usuários paguem seus drinks mostrando a pulseira no leitor do caixa (nos EUA apenas).

A Microsoft Band está disponível a partir de hoje nas lojas da Microsoft dos EUA e custa US$ 199. Veja mais detalhes no site oficial.

Dica do leitor Paulo Nunes no nosso grupo do Facebook.

Esta é a Microsoft Band, a pulseira inteligente da Microsoft








Microsoft libera versão final do novo Skype para Windows

Posted: 29 Oct 2014 01:17 PM PDT

No último dia 9, a Microsoft apresentou as novas versões do Skype para OS X e Windows. Mas esta última tinha uma importante inconveniência, por assim dizer: foi disponibilizada como “preview”. Felizmente, esta fase durou pouco: a versão final foi liberada nesta quarta-feira (29).

Novo Skype para Windows

O novo Skype para Windows traz interface renovada. A Microsoft fez uma reformulação para destacar a área de chat. Trata-se de uma tentativa de fazer o Skype ser usado com mais frequência para comunicação textual e não apenas para conversas via voz ou videoconferência.

Não por menos, o sistema de chat em si também ganhou novidades. Ao enviar fotos para um contato, miniaturas das imagens são exibidas na timeline de ambos; se arquivos do Office ou PDFs forem transferidos, o Skype exibirá ícones correspondentes para facilitar a localização destes arquivos no meio da conversa.

Ciente da aceitação que os emoticons têm entre os usuários – especialmente os mais jovens -, a Microsoft tratou ainda de disponibilizar imagens do tipo em tamanho maior.

Emoticon - Skype

Seguindo uma fórmula já adotada por serviços como Hangouts e Facebook Messenger, o Skype também passou a exibir as fotos dos contatos do usuário dentro de círculos.

O novo Skype para Windows está disponível nesta página. Vale frisar que esta é uma atualização da versão para desktop. O Skype com interface Modern (ou Metro, se preferir), próprio para Windows 8.1, também recebeu alterações e pode ser obtido aqui.

Microsoft libera versão final do novo Skype para Windows








Android 5.0 Lollipop permitirá apagar apps instalados pelas operadoras

Posted: 29 Oct 2014 12:40 PM PDT

A próxima versão do Android, a 5.0 ou Lollipop, foi anunciada há duas semanas e o Google já tratou de mencionar diversos recursos que foram abraçadas por ela, como múltiplas contas no mesmo aparelho e sincronização entre todos os dispositivos que utilizem o sistema.

Hoje, uma novidade foi revelada, e essa é bastante promissora: o Android 5.0 permitirá remover do aparelho os apps instalados pela sua operadora.

Lollipop Forest

Ao colocar o SIM, é normal que ocorra o download de alguns aplicativos para o seu smartphone, só que eles não podem ser deletados – e nem sempre são úteis. Então, seus preciosos gigabytes de armazenamento ficam comprometidos e, como não é todo aparelho que permite um microSD para expandir, isso pode ser um problemão.

ARS Technica, em entrevista com Dave Burke, VP de engenharia do Android e da linha Nexus, e Brian Rakowski, VP de produtos, descobriu que o Android 5.0 trará, pelo menos aos aparelhos que vierem com ele de fábrica, um serviço chamado Google Play Auto Installs. Ficará a cargo dele identificar os apps que a operadora quer instalar e permitir que eles sejam posteriormente apagados.

Até agora, só é possível removê-los com root. O mesmo se aplica aos aplicativos que já vêm de fábrica com o smartphone, instalados pela fabricante, mas não foi mencionado se o Auto Installs poderá exercer a mesma função com esses.

Os primeiros dispositivos a receberem a nova atualização do Android serão, como de costume, os da linha Nexus; isso deve ocorrer nas próximas semanas. Para saber quando o seu aparelho deve ser atualizado, veja a nossa análise.

Com informações: Android Pit

Android 5.0 Lollipop permitirá apagar apps instalados pelas operadoras








Nintendo fecha trimestre com lucro depois de 4 anos de prejuízo

Posted: 29 Oct 2014 11:10 AM PDT

A Nintendo finalmente conseguiu dar uma respirada no que diz respeito às suas finanças. Depois de fechar, ao longo de quatro anos, muitos trimestres no vermelho, ela finalmente conseguiu terminar este último, o segundo de seu ano fiscal, com lucro.

Segundo a Reuters, o lucro foi de 9,3 bilhões de ienes, algo próximo dos US$ 86,1 bilhões, entre julho e setembro deste ano. No mesmo período do ano passado, a empresa registrou perdas de 18 bilhões de ienes; para este trimestre, analistas esperavam que fechasse novamente no negativo, em 3,7 bilhões de ienes.

mario kart 8

A boa notícia é resultado, além da desvalorização do iene, da boa recepção que o último grande lançamento da Nintendo para Wii U teve.

As vendas do console, que nunca foram lá essas coisas e são apontadas como motivo para a demora da recuperação financeira da Nintendo, tiveram uma guinada com o lançamento do bundle com Mario Kart 8, atingindo a marca de 1,12 milhão de vendas. Consequentemente, mais jogos para essa plataforma foram comprados, resultando em 9,4 milhões de títulos deixando as prateleiras.

Também há números muito bons e mais recentes no 3DS: Super Smash Bros., lançado no início de outubro, passou as 2,8 milhões de cópias vendidas. Esse título será lançado também para Wii U em novembro e, no mesmo mês, o 3DS receberá Pokémon Omega Ruby/Alpha Sapphire. Com tantas cartas na manga, podemos esperar que a Nintendo continue indo bem nas finanças nos próximos meses: a expectativa é de fechar o ano fiscal com lucro de 40 bilhões de ienes.

Com informações: G1

Nintendo fecha trimestre com lucro depois de 4 anos de prejuízo








HP Sprout: um all-in-one que integra projetor e scanner 3D para aumentar a interatividade

Posted: 29 Oct 2014 10:38 AM PDT

Rumores que vieram à tona neste mês indicavam que a HP estava preparando algo muito diferente para o mercado de PCs. Pois bem, rumores confirmados: nesta quarta-feira (29), a companhia apresentou o Sprout, um all-in-one que vem com um inusitado projetor integrado.

O dispositivo, batizado de HP Illuminator, fica posicionado acima do monitor, só que projeta as imagens para baixo, em direção a uma espécie de “trackpad gigante” – de 20 polegadas, para ser exato – que recebe o nome de Touch Mat.

HP Sprout

A ideia é criar uma superfície tátil e virtual ao mesmo tempo. As projeções que aparecem ali podem então tornar possível uma série de aplicações interativas, inclusive simular um teclado (para quem prefere o modo convencional, o equipamento é acompanhado de um teclado físico).

Para tornar a “mágica” possível, o Illuminator não se limita a ser um emissor de imagens: o dispositivo incorpora uma câmera de 14,6 megapixels, uma câmera Intel RealSense que atua como scanner 3D, um projetor DLP e iluminação via LED.

O conjunto parece excêntrico até vermos o resultado. Como mostra o vídeo abaixo, o usuário pode “arrastar” um item do monitor para o Touch Mat, posicionar um objeto físico (como um livro) sobre este último para escaneamento, aumentar a imersão em jogos, entre várias outras atividades.

Internamente, o HP Sprout conta com um processador Intel Core i7 de quarta geração, GPU Nvidia Geforce GT 745A, 8 GB de memória DDR3, HD híbrido de 1 TB (há um SSD de 8 GB integrado), Bluetooth 4.0, Wi-Fi 802.11n, duas portas USB 2.0, duas portas USB 3.0 e monitor de 23 polegadas com resolução full HD. O sistema operacional é o Windows 8.1.

A HP pretende iniciar a disponibilização do Sprout no dia 9 de novembro, começando pelo mercado norte-americano. Por lá, já é possível adquirir o equipamento em pré-venda por US$ 1.899. Não há previsão de chegada ao Brasil.

HP Sprout

O HP Sprout tem potencial para ser um fenômeno de vendas? Provavelmente, não. Estamos falando de um produto de nicho. De qualquer forma, a novidade sugere que uma combinação de engenhosidade e criatividade pode dar uma nova perspectiva para o segmento de PCs.

HP Multi Jet Fusion

A HP também aproveitou a data de hoje para revelar a Multi Jet Fusion. Mais uma impressora? Sim, só que esta imprime em 3D. As principais vantagens do equipamento, segundo a companhia, são o custo-benefício e a velocidade de impressão, até dez vezes superior que em produtos similares disponíveis atualmente.

HP Multi Jet Fusion

Ainda em relação à velocidade, a HP afirma que a impressora pode “disparar” mais de 350 milhões de partículas por segundo. Parece mesmo promissor. A parte chata é que a HP Multi Jet Fusion não deve chegar ao mercado antes de 2016.

HP Sprout: um all-in-one que integra projetor e scanner 3D para aumentar a interatividade








Razer apresenta seu primeiro conjunto de soundbar e subwoofer

Posted: 29 Oct 2014 08:01 AM PDT

A Razer é mais conhecida por lançar periféricos para jogadores, mas tem procurado se diversificar: na lista de produtos que estão sendo desenvolvidos temos um console baseado em Android e a smartband Nabu, que chega ao mercado brasileiro em dezembro.

Hoje, ela lançou mais um produto inédito para seu catálogo: um kit de soundbar e subwoofer chamado Leviathan, que pode funcionar tanto para games como para assistir TV ou ouvir música, com pareamento via Bluetooth 4.0 e alcance de até 10 metros.

RZR_Leviathan_V07a_PNG

Como o Engadget aponta, é uma boa opção para quem busca um som surround mas não tem paciência – ou espaço – para montar peça por peça. A soundbar tem quatro alto-falantes, sendo dois tweeters de 0,74″ e dois full range de 2,25″. O subwoofer fica encarregado dos graves, e bota grave nisso: ele alcança os 20Hz, uma frequência melhor “sentida” do que ouvida pelos ouvidos humanos. O agudo máximo é de 180Hz.

O Leviathan está em pré-venda no site da Razer por US$ 199 e tem lançamento marcado para novembro.

Razer apresenta seu primeiro conjunto de soundbar e subwoofer








Oppo N3 vem com câmera motorizada

Posted: 29 Oct 2014 07:56 AM PDT

Em dezembro do ano passado, uma fabricante chinesa chamada Oppo lançou o Oppo N1, um smartphone de formato pouco convencional. Ele tinha uma câmera giratória com 13 megapixels e uma tampa traseira sensível ao toque, uma combinação que não vemos com frequência na indústria. E esta semana a empresa anunciou o próximo aparelho que deve tomar o lugar dele: o Oppo N3.

oppo-n3

O Oppo N3 traz um sensor de 16 megapixels na sua câmera giratória, mas com uma diferença importante em relação ao modelo anterior: ela é motorizada. Isso quer dizer que não é necessário mais inverter a posição da câmera manualmente, gastando preciosos segundos girando-a. Basta gastar preciosos segundos tocando a tela para que a câmera seja invertida. O motor também ajuda na hora de capturar panorâmicas, como você pode ver no vídeo abaixo, publicado pelo Android Authority.

Na sua lista de itens excêntricos também está o slot para cartão de memória microSD, que só pode ser usado se o usuário não precisar de um slot para o NanoSIM. O aparelho é dual-chip, mas o outro slot serve apenas para um MicroSIM. E não importa qual dos slots o usuário coloque um chip, ele terá conectividade 4G, que foi um dos grandes itens faltantes no Oppo N1.

Fora estes detalhes pouco convencionais, o Oppo N3 vem também com uma leva de melhorias que já estamos acostumados a ver na indústria móvel, como um sensor de impressões digitais na parte de trás do aparelho e uma bateria de incríveis 3.000 mAh. Suas especificações também são decentes, com uma tela de 5,5 polegadas, processador Snapdragon 801 quad-core rodando a 2,3 GHz, 2 GB de RAM e 32 GB de armazenamento interno.

oppo-n3-angulos

Para quem esperava uma leva de possibilidades de customização, recomendo apertar o botão do sad trombone antes de ler a próxima linha: este novo modelo da linha N da Oppo não vem mais com o famoso CyanogenMod como sistema operacional. No lugar dele, está o Oppo Color OS 2.0, que é baseado no Android 4.4, mas não parece que a Oppo se importa muito em divulgar esse detalhe.

Assim como o Oppo N1, não há indicações de que o Oppo N3 deve vir para o Brasil. Mas quem gostar muito da câmera motorizada e quiser viajar para comprar um, pode já ir pesquisando vôos em dezembro para os EUA, que são, respectivamente, o mês de lançamento e o país onde o Oppo N3 começa a ser vendido. O preço do aparelho desbloqueado e sem contrato será de US$ 649.

Com informações: Engadget

Oppo N3 vem com câmera motorizada








As especificações do HTML5 estão, enfim, completas

Posted: 29 Oct 2014 07:01 AM PDT

Foram pelo menos dez anos de trabalho, mas aí está: as especificações do HTML5, finalmente, estão terminadas. Por estar completo, a versão passa a ser, oficialmente, uma recomendação do World Wide Web Consortium (W3C).

Você deve ter ouvido falar tanto desta linguagem de marcação que pode estar se perguntando: o HTML5 já não estava pronto? Quase. Os navegadores atuais suportam há algum tempo boa parte dos recursos do padrão, mas alguns detalhes ainda estavam pendentes.

html5

A implementação de elementos – como <video> e <audio> – e o suporte a APIs que permitem a inserção de vídeo e áudio nas páginas sem a necessidade de extensões são um dos principais avanços. Sim, é quase um adeus ao Flash.

Outros recursos incluem renderização de formas em 2D a partir do elemento <canvas>, integração com o MathML para exibição de notações matemáticas, suporte nativo ao padrão SVG e compatibilidade com recursos de acessibilidade.

Para chegar até aqui, o caminho foi longo: além das discussões e do desenvolvimento em si, cerca de 100 mil testes dos mais variados tipos tiveram que ser feitos com o HTML5, trabalho que levou à identificação de mais de 4 mil problemas.

É difícil dizer se estes fatores justificam tamanha demora na finalização das especificações. Fato é que, em determinado momento, o processo todo parecia tão complexo que algumas previsões apontavam que a recomendação oficial só sairia depois de 2020.

Felizmente, em setembro de 2012, o W3C anunciou um plano que levaria à conclusão do HTML5, no mais tardar, para o final de 2014. Dito e feito.

Com o reconhecimento oficial, é de esperar que a adoção do HTML5, que já estava bastante difundida, se acentue ao ponto de a linguagem se tornar, de fato, uma tecnologia predominante na web.

Os trabalhos de ajustes e correção de falhas continuam. Problemas mais complexos e recursos que ainda requerem mais esforços de desenvolvimento deverão aparecer na versão 5.1, cujo “rascunho” já pode ser consultado no site do W3C.

Quanto ao HTML5 em si, a página que detalha todas as suas características é esta.

Com informações: TechCrunch

As especificações do HTML5 estão, enfim, completas








Apple não poderá usar marca iWatch

Posted: 29 Oct 2014 03:38 AM PDT

Ao anunciar o Apple Watch em setembro, a Apple mostrou que aprendeu com seus erros do passado, revelando um produto com um nome registrado e licenciado por ela mesma. Mesmo que os rumores apontassem para um possível iWatch, ela preferiu seguir com outro. E agora sabemos que a empresa da maçã não vai poder usar mesmo a marca mais fácil: “iWatch” está registrado no nome de uma startup italiana.

apple-watch-gold

O registro foi feito em agosto de 2008 pela empresa de desenvolvimento de software Probendi e é válido em toda a União Europeia. Em entrevista à Exame, um dos cofundadores da empresa, Daniele Di Salvo, disse que já existe um aplicativo criado por eles, chamado iWatch, que é usado por policiais em uma cidade italiana.

O histórico da Apple de anunciar produtos com marcas que não lhes pertence é bem conhecido. Aconteceu com o iTV, que virou Apple TV depois de muita insistência (e um potencial processo milionário) de um canal de TV britânico do mesmo nome. Também aconteceu com o iPad, marca que não estava em poder da Apple em certos países bem pequenos e com um público minúsculo interessado no tablet, como a China. E o produto que mais dá lucro para a Apple hoje, o iPhone, também era inicialmente uma marca registrada pela Cisco.

Existem, então, duas saídas. A empresa da maçã pode seguir com o seu “Apple Watch” e esperar que o nome realmente não incomode nenhum dos seus clientes acostumados em ver dispositivos começando com um i minúsculo. Ou pode fazer o que sempre fez para problemas de marca deste tipo: jogar dinheiro nele até que o problema desapareça por completo.

A segunda opção não deve ser nenhum empecilho para a Apple, já que no último trimestre fiscal a empresa reportou um lucro bruto de US$ 8,5 bilhões. Resta saber quanto de dinheiro vai ser o suficiente para Di Salvo ceder o registro da marca. Meu chute é de que seria na casa dos três dígitos de milhões, que seriam prontamente investidos na sua humilde startup.

Apple não poderá usar marca iWatch








Read more »